A cada 7 anos você troca metade dos seus amigos

Padrão

A cada 7 anos você troca metade dos seus amigos

(texto retirado da SUPERINTERESSANTE)
Carol Castro 

Amigos para seeempre lalaia-laialaiala… para sempre mesmo? Ou só até os próximos sete anos. Pense em 2005 e recorde quem eram seus melhores amigos. Quantos ainda permanecem do seu lado até hoje? Se você for como a maioria, talvez metade deles tenha se afastado, dado lugar a novos amigos.

Um grupo de sociólogos da Universidade de Utrecht, da Holanda, conduziu uma pesquisa com pouco mais de mil participantes,entre 18 e 65 anos,para saber como era o círculo social de cada um. Sete anos depois, 604 pessoas foram entrevistadas novamente. Eles responderam perguntas como: como quem você ainda conversa sobre problemas pessoais? Quem te ajuda a consertar algumas coisas na sua casa? Quem você ainda faz questão de encontrar? Onde você conheceu essas pessoas? E onde você as encontra agora?

No total, as pessoas mantiveram a mesma média de amigos, mas muitos deles eram recentes. Só 30% dos colegas ainda mantinham a mesma opinião sobre alguns assuntos sete anos depois. E apenas 48% deles ainda faziam parte do círculo de amizades.

Triste, né? Mas é um pouco compreensível, afinal, as fases mudam (colégio/faculdade/trabalho/família), e cada um segue um rumo diferente. Já pensou se a gente for imaginar quantos amigos ainda continuam do nosso lado depois de 14, 15 anos? Quantos você consegue contar? Eu só consigo me lembrar de dois.

Crédito da foto: flickr.com/experimentofthenature

About these ads

Sobre fcrissilva

"Eu sou o tudo. Eu sou o Nada. Sou os livros que li, os momentos que passei, eu sou os brinquedos que brinquei, e os amigos que conquistei. Sou o amor que dei, e os amores que tive, as viagens que fiz, e os esportes que pratiquei. Sou minha matéria preferida, minha comida predileta, essa sou eu...eu mesma, será que vais entender? Sou o ódio resguardado, sou os sonhos realizados, os objetivos alcançados. Eu sou o meu interior, mas tambem meu exterior. Sou um conjuntos de fatores que você não pode entender. Sou a saudade, os abraços que já dei, eu sou o passado, mas também o presente e o futuro, sou os meus atos. Sou o perfeito, Mas também sou o imperfeito. Sou o contraste e a contradição. Sou a complexidade do mundo. SOU O QUE NINGUEM VÊ."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s