VOCÊ ESTÁ DISPONÍVEL PARA VIVER UM GRANDE AMOR?

VOCÊ ESTÁ DISPONÍVEL PARA VIVER UM GRANDE AMOR?

Amar é inefável, mas nem todo mundo está pronto para experimentar esse sentimento.

DSC05457_3.jpg

Uma das características mais fascinantes do ser humano é a capacidade de amar. Não há criatura no mundo que não tenha um desejo visceral de se sentir querida, apreciada e amada por outro ser humano.

Viver o amor romântico em sua plenitude, tanto para homens quanto para mulheres, pode ser a experiência mais gloriosa e sublime da existência, capaz de justificar o fluxo tão incoerente, sofrido e rotineiro da vida.

Em nome do amor guerras foram travadas, castelos foram construídos, livros foram escritos. Muito já se cantou o amor. Já se matou e já se morreu, única e exclusivamente por amor.

Se é o amor essa chama que incendeia a nossa existência, porque ele acontece tão raramente?

Estar casado ou em um relacionamento não implica em dizer que se está vivendo o amor. Falo de um grande amor. Amor dos bons, daqueles que preenchem o vazio da existência.

Estou falando daquele sentimento que surge sem aviso prévio, vem de dentro, de um lugar inacessível ao controle da razão. Que você só consegue identificar pelo grau de abstração e fascinação que ele causa em você. Uma sensação única de conexão com outro ser humano. Aquele gosto de volta para casa. De edredom macio, de chocolate quente, de vinho frisante. Uma vontade louca de voar, de mãos dadas, para o céu.

Ele surge nos três primeiros minutos de contato com o outro. Você decide se vai ou não se apaixonar nesse mínimo espaço de tempo. E você tem consciência do momento exato em que aconteceu. Pode ter sido quando ele fez um carinho no cachorro ou quando ela colocou o cabelo atrás da orelha. Às vezes é porque ele fez o elogio mais esquisito que você poderia ouvir ou foi porque ela tratou bem o garçom. Nesse momento, o amor é tangível, você pode praticamente pegá-lo no ar e guardá-lo com carinho no seu bolso.

Para que você tenha se sentido assim, extremamente conectado, o outro também se sentiu. Não há como ser diferente, pois sentimos a energia do outro e, apesar de toda a evolução da linguagem, ainda utilizamos de forma predominante a comunicação não verbal. Você ouviu sutilmente o amor girando a chave na fechadura do coração do outro.

Este é o melhor início que qualquer relacionamento pode ter. A cola genuína e sem explicação. Não existe por carência ou interesse, existe porque existe. É inefável. Toda linda história de amor nasceu de uma ligação assim, misteriosa e instigante.

DSC00279_2.jpg

Esse pode ser o começo, do resto da sua vida. Repito, pode ser. Para saber se é mesmo, você precisa estar disposto, de peito aberto, para tentar mais uma vez.

Aquela frase clichê que diz “encontrei a pessoa certa na hora errada” deve ter sido criada por alguém que queria explicar exatamente isso.

Para que um grande amor aconteça, além daquele encontro inicial arrebatador, que acendeu o fogo insano dos seus sentimentos, é preciso que ambos os envolvidos estejam abertos a ele.

O amor não entra em corações fechados a sete chaves, tampouco naqueles que estão partidos ou que ainda possuem ocupantes. É preciso estar livre, não no estado civil, mas dentro do peito.

O que você viu nesse encontro foi apenas uma porta entreaberta. E o amor não entra por frestas. Ele só entra se for convidado e por um anfitrião que esteja contente em recebê-lo.

E se você estava assim, tão pronto, e o outro não, não fique triste, fique orgulhoso. Você está disponível para viver um grande amor.

Aceite, simplesmente, pois amor não rima com controle ou com teimosia. Solte. Se ele for o seu grande amor, quando estiver disponível, vai correr ao seu encontro igual bumerangue solto ao vento. E se não for, não se preocupe, afinal quem está disponível para viver um grande amor, não corre o risco de perder o bonde, quando ele passar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s