civilizações · Textos

UM MINUTINHO SÓ…

UM MINUTINHO SÓ…

Não nos deixemos escravizar por amarras invisíveis. Pausemo-nos, vez por outra! O coração só fala quando estamos em silêncio.

park-736799_1280.jpg

O telefone toca! Você precisa atender, afinal, pode ser alguém importante. Talvez você tenha acabado de abrir um vinho. Ou sentar no sofá após um longo dia de trabalho. Talvez você esteja começando a assistir aquele filme. Ou pensando em degustar uma cerveja artesanal. É o seu momento de descanso, um minutinho só…

Mas o telefone toca e você precisa atender. Quem sabe não é o seu chefe? Ou alguém da família precisando de você? Quem sabe não é aquela proposta tão esperada? Definitivamente, é necessário atender! Então você para o que está fazendo, mesmo que seja algo incrível, e atende.

Do outro lado da linha, uma bobagem qualquer. Na maioria dos casos, nada importante. Nada que não pudesse esperar, um minutinho só… Vivemos em um mundo em que é preciso estar conectado. Isso não é errado. O problema é quando a necessidade de conexão nos tira o prazer daquele gole de vinho!

Por favor, não atenda o telefone. Pause-se! Você pode retornar mais tarde. Termine o filme, deguste a cerveja, aceite colo do sofá. Coisa boa nessa vida é ficar de bobeira, escutando o que diz o coração. Permita-se a preguiça. Um minutinho só…

“A preguiça é a mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda”. Ah, como Mário Quintana sabia das coisas! Precisamos começar a andar pelo caminho inverso para ver se chegamos a algum lugar.

Precisamos multiplicar as redes. Não, não falo de redes virtuais. Falo de redes de verdade, daquelas feitas artesanalmente, de preferência no Nordeste. Rede é coisa de Deus. Feita para relaxar o corpo e o espírito. Deitar em uma rede é abrir um portal para o mundo imaginário dos sonhos. Eis aqui um manifesto: por mais redes de verdade e menos redes virtuais. Mas não vale deitar com o celular no bolso.

Talvez, apenas talvez, você realmente tenha que atender o telefone. Talvez seja mesmo aquela oportunidade tão esperada. Nesse caso, tudo bem, atenda. A tecnologia está aí para nos ajudar e muitas vezes é bem vinda em nossas vidas. Sem culpa!

Apenas não nos deixemos escravizar por amarras invisíveis da nossa própria criação. Pausemo-nos, vez por outra! O coração só fala quando estamos em silêncio. Tome coragem e desligue-se. Tire um cochilo na rede. Um minutinho só…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s