CARTA PARA O PASSADO-FUTURO

CARTA PARA O PASSADO-FUTURO

E se você pudesse, ao final de sua vida, escrever uma carta com conselhos para si mesmo no momento de seu nascimento?

Baby.jpg

Querido Eu,

A primeira coisa que você deve entender é que essa mulher que está na sua frente te olhando com toda essa felicidade nos olhos é a pessoa que você mais vai amar em toda a sua vida. Um fato curioso: ela vai te amar mais do que você a amará. E mais: ela te amará ainda mais do que ama a si mesma! Mas não tente entender o porquê, pois nem ela própria saberá. Somente saiba disso. Ah, mais uma coisa: pode chamar ela de mãe.

Você logo vai reparar que junto dela estará um homem que te olhará com o mesmo brilho nos olhos. É ele que vai te salvar das encrencas que você vai aprontar quando ficar mais velho. Pode chamar ele de pai. Juntos, essas duas pessoas vão ficar orgulhosas com qualquer coisa que você fizer. Eles estarão com você até o final de suas vidas, então cuide bem deles. Esse primeiro sentimento que você está experimentando chama-se Amor.

Mas não se preocupe com isso ainda. Aproveite todas essas pessoas que estão olhando para você. Repare como elas sorriem e acenam feito bobas através daquele vidro. Tire proveito desse carinho, porque isso só vai durar uns cinco anos.

Não estranhe o lugar em que você está. Essa ainda não é sua casa. Esse lugar se chama Hospital. Já vá se acostumando com o ambiente, porque você ainda vai voltar muitas vezes para um local assim durante sua vida, e muitas dessas vezes serão por culpa sua.

Boy.jpg

Daqui uns quatro anos, você conhecerá um lugar que você, a princípio, provavelmente não goste. Conhecerá outras pessoas da mesma idade e perceberá que você não gosta delas tanto assim. Essas pessoas se chamam Amigos. Você notará depois de uns anos que esses amigos farão muita diferença nos momentos difíceis que você certamente irá enfrentar. Quanto ao lugar, não deixe se importunar tanto. Ele se chama Escola e você passará uns vinte anos estudando. Vá se acostumando.

Pouco mais de uma década depois, você já estará acostumado com a Escola e até preferirá ficar nela do que na sua própria casa. Por volta dessa idade, você começará a perder facilmente a paciência com seus pais, e achará que eles só querem pegar no seu pé. Não é exatamente isso. Eles se preocupam com você e, agora que você está crescendo, a tendência é que eles fiquem cada vez mais “chatos”, ao seu ponto de vista. Isso não é nada além de preocupação. Vá se acostumando.

Teenager.jpg

Mais alguns anos adiante, você testemunhará algumas mudanças estranhas que acontecerão em seu corpo. Relaxe, esse é um processo natural. Quando você se der conta, ele já terá passado. Nessa fase da vida, você vai descobrir uma coisa que vai afetar todo o resto da sua existência. Uma coisa que vai perturbar sua mente e abalar seus sentimentos de todas as formas possíveis. Você irá do inferno ao céu por causa dela, mas perceberá que é isso que incentivará cada vez mais que você viva intensamente. Ela é o tempero da vida e se chama Mulheres. As Mulheres vão te apresentar uma coisa que você já conhece: amor. Mas mais do que isso, você conhecerá uma coisa chamada Paixão. Aproveite cada minuto. A Paixão traz consigo altos e baixos, e é isso que te cativará. Você se apaixonará por muitas das mulheres, então entenda que nenhum rompimento será o fim do mundo. Talvez você aprenda isso depois de uns anos. Vá se acostumando.

Junto com essas novas descobertas, você conhecerá alguns pontos nem tão legais de serem lidados num primeiro momento. Um deles se chama Responsabilidade. Seus pais vão falar muito sobre ela, mas você terá que entender por si próprio seu real significado. Espero sinceramente que você aprenda.

Por volta dessa etapa, você começará a trabalhar, e talvez a cursar alguma faculdade. Nessa fase de sua vida, eles te darão números. Você terá que decorar senhas, terá que pagar alguns pequenos impostos e terá que fazer algumas coisas que não te agradam, mas que são necessárias: acordar cedo, por exemplo. Essa é a famosa Responsabilidade que sua mãe falou alguns anos atrás. Vá se acostumando.

Man.jpg

Certifique-se de trabalhar fazendo algo que goste: você passará grande parte da sua vida fazendo isso. Em paralelo, faça atividades que te desenvolvam pessoal, profissional, cultural e espiritualmente. Nunca pare de evoluir. Nunca pare de aprender.

Chegaremos então a um ponto onde você se dará conta de como o tempo passou rápido. Você estará casado. É você que estará olhando um bebê nascer. Você notará que tomou o lugar de seu pai, e que agora o pai coruja é você. “Como pode ter acontecido tão rápido?” você se perguntará. É melhor perceber que, daí pra frente, o tempo tenderá a passar cada vez mais rápido. Tome cuidado.

Alguns anos depois e seus filhos já estarão crescendo. Eles irão para a escolinha assim como você mesmo o fez. Lembra-se como odiava? Seja paciente e sempre se coloque no lugar deles. Você provavelmente se impressionará em como eles crescem rápido. Sua filha, que antes estava na maternidade, já estará trazendo o namorado da escola para te conhecer. Seu filho já estará dirigindo seu carro e agora é você quem o livrará das encrencas que aprontar. Você olhará para sua esposa e se dá conta do quão importante ela foi em todo esse tempo ao seu lado. Se perguntará se teria chegado tão longe se não fosse por ela. Agora você começará a entender que a vida é um ciclo, e quando você menos esperar, surgirão…

Netos! Já é a segunda vez que você está na maternidade. A segunda vez que é você que está atrás do vidro acenando. E junto com os netos, chegam os cabelos brancos. Você perceberá que está na sua fase final da vida, e é aí que você se perguntará: “fiz tudo o que eu queria? Tudo que fiz, fiz do jeito que eu queria?” A sombria resposta pode ser “não”, e é por isso que eu estou lhe escrevendo.

Old man.jpg

Enfim, é chegada a minha hora de partir, e a sua hora de surgir. Espero que tenha lido tudo com atenção e que tenha entendido que a vida é comprida, mas passa rápido demais. Você ouviu a vida inteira falando sobre a tal “Felicidade”, mas é só agora que você entende que “felicidade” é viver a vida intensamente, aproveitando tanto os momentos bons quanto os momentos ruins. É aproveitar o passeio de montanha-russa do começo até o final, nos altos e nos baixos. E, mais do que isso, estar cercado de pessoas que gostam de você, porque, no fundo, é só isso o que resta: o amor.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s