A incrível foto da Lua passando em frente à Terra

A incrível foto da Lua passando em frente à Terra
Satélite distante revela planeta e sua companheira

(superinteressante)
POR Fábio Marton 

 lua
DSCO (Observatório Climático do Espaço Profundo)

A foto acima mostra o dito lado “escuro” da Lua no momento em que ela passa em frente à Terra na parte em que é dia – assim, em verdade está iluminado pelo sol. Ele ganha esse nome não por que não recebe a luz solar, mas por que a Lua sempre tem o mesmo lado voltado para nosso planeta. Assim, o dito lado escuro – mais precisamente, lado oculto – só pôde ser visto pela humanidade em 1959, quando a sonda soviética Luna 3 passou por trás da Lua.

A foto vem do DSCOVR, Deep Space Climate Observatory (Observatório Climático do Espaço Profundo), um dos novos brinquedos da Nasa. Lançado em fevereiro e posto em ação em junho, ele fica na chamada órbita L1, orbitando o sol – e não a Terra – num ponto em que a gravidade da estrela e nosso planeta se anulam. Isso fica a cerca de 1,6 milhão de quilômetros – mais de cinco vezes a distância entre Terra e Lua.

O principal trabalho do DSCOVR é monitorar os ventos solares, emissões eletromagnéticas que podem bagunçar seriamente com sistemas de comunicações terrestres, incluindo satélites. Ele tem uma câmera permanentemente apontada para o lado diurno da Terra – que tirou essa foto. Em verdade, a imagem é apenas parte de uma sequência, que mostra toda a passagem. Ela pode ser vista abaixo:

lua gif
NASA/NOAA

Fonte:
From a Million Miles Away, NASA Camera Shows Moon Crossing Face of Earth, Nasa.

 

Anúncios

Autor: fcrissilva

"Eu sou o tudo. Eu sou o Nada. Sou os livros que li, os momentos que passei, eu sou os brinquedos que brinquei, e os amigos que conquistei. Sou o amor que dei, e os amores que tive, as viagens que fiz, e os esportes que pratiquei. Sou minha matéria preferida, minha comida predileta, essa sou eu...eu mesma, será que vais entender? Sou o ódio resguardado, sou os sonhos realizados, os objetivos alcançados. Eu sou o meu interior, mas tambem meu exterior. Sou um conjuntos de fatores que você não pode entender. Sou a saudade, os abraços que já dei, eu sou o passado, mas também o presente e o futuro, sou os meus atos. Sou o perfeito, Mas também sou o imperfeito. Sou o contraste e a contradição. Sou a complexidade do mundo. SOU O QUE NINGUEM VÊ."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s