Música · Textos

Santuário (Flavia C da Silva)

Santuário (Flavia C da Silva)

Nunca vou crescer o bastante…

Você e eu…
Em uma nova terra,
Os anjos estão voando.

Nunca vou crescer o bastante…

Você é meu santuário,
Meu santuário.

Os campos balançam ao vento.
A relva toca meus cabelos.
Uma doce melodia vem do céu.

Nunca vou crescer o bastante…

Nunca me deixe!
Por favor, nunca me deixe.

Eu o vejo,
Dormir rapidamente.
E o todo o medo,
Já não significa mais nada.

Você e eu…
Em uma nova terra,
Os anjos estão voando.

Nunca vou crescer o bastante…

Você é meu santuário,
Meu santuário.

Os campos balançam ao vento.
A relva toca meus cabelos.
Uma doce melodia vem do céu.

Nunca vou crescer o bastante…

Nunca me deixe!
Por favor, nunca me deixe.

Tudo está de cabeça para baixo.
Meu coração é o chão,
Onde está sendo a batalha.
Eu só ouço os sussurros.
Nunca vou crescer o bastante.
E tudo o que ouço são apenas sussurros.

Você me mostrou,
Como enxergar,
E como nada dura para sempre,
E tudo pode ser partido.

Você e eu…
Em uma nova terra,
Os anjos estão voando.

Nunca vou crescer o bastante…

Você é meu santuário,
Meu santuário.

Os campos balançam ao vento.
A relva toca meus cabelos.
Uma doce melodia vem do céu.

Nunca vou crescer o bastante…

Nunca me deixe!
Por favor, nunca me deixe.

Meus medos,
Minhas mentiras,
Perderam-se no caminho.

Nunca vou crescer o bastante.

Licença Creative Commons
Santuário de Flavia C. Silva está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s