Segurando-me ao Paraíso (Flavia C da Silva)

Segurando-me ao Paraíso (Flavia C da Silva)

É como se a noite nunca chegasse,
Eu tento me segurar…

Eu já perdi muitas chances,
Já deixei muita coisa de lado,
Esperei semanas por nada,
E passei por tudo sozinha.

Durante o dia finjo fazer parte de algo.
Mas na verdade estou de coração partido.
Mas no segundo em que te vi,
Percebi que precisava de você,
Eu não podia deixar você partir.

Não sei mais por que…

Eu fico perdida sem você,
E não há nada que eu possa fazer.
Você é o único e eu iria com você.
Estar com você é como estar,
Segurando-me ao Paraíso para sempre.
Estou em suas mãos agora,
E não quero que me solte.
Meu amor por você não é suficiente,
Mas cada momento com você é como
Estar segurando-me ao Paraíso.

É como se a noite nunca chegasse,
Eu tento me segurar…

É como ouvir uma sinfonia,
E você é minha melodia.
Você vem calmo como uma brisa,
Mas quando está distante,
É como se tudo fosse pelos ares.

É como se tudo virasse um conto de fadas,
Sem uma madrasta para estragar.
Você me trouxe de volta a história,
E agora me sinto salva.

Não sei mais por que…

Eu fico perdida sem você,
E não há nada que eu possa fazer.
Você é o único e eu iria com você.
Estar com você é como estar
Segurando-me ao Paraíso para sempre.
Estou em suas mãos agora,
E não quero que me solte.
Meu amor por você não é suficiente,
Mas cada momento com você é como
Estar segurando-me ao Paraíso.

Eu não posso mais esperar,
Para poder te ver de novo.
Eu simplesmente não posso esperar.
Nunca parece ser tarde demais com você.

É como se a noite nunca chegasse,
Eu tento me segurar…

Não sei mais por que…

Eu fico perdida sem você,
E não há nada que eu possa fazer.
Você é o único e eu iria com você.
Estar com você é como estar
Segurando-me ao Paraíso para sempre.
Estou em suas mãos agora,
E não quero que me solte.
Meu amor por você não é suficiente,
Mas cada momento com você é como
Estar segurando-me ao Paraíso.

É como se a noite nunca chegasse,
Eu tento me segurar…
Mas cada momento com você é como
Estar segurando-me ao Paraíso.

Licença Creative Commons
Segurando-me ao Paraíso de Flavia C. da Silva está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional.

Anúncios

Autor: fcrissilva

"Eu sou o tudo. Eu sou o Nada. Sou os livros que li, os momentos que passei, eu sou os brinquedos que brinquei, e os amigos que conquistei. Sou o amor que dei, e os amores que tive, as viagens que fiz, e os esportes que pratiquei. Sou minha matéria preferida, minha comida predileta, essa sou eu...eu mesma, será que vais entender? Sou o ódio resguardado, sou os sonhos realizados, os objetivos alcançados. Eu sou o meu interior, mas tambem meu exterior. Sou um conjuntos de fatores que você não pode entender. Sou a saudade, os abraços que já dei, eu sou o passado, mas também o presente e o futuro, sou os meus atos. Sou o perfeito, Mas também sou o imperfeito. Sou o contraste e a contradição. Sou a complexidade do mundo. SOU O QUE NINGUEM VÊ."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s