Cinema · Música

10 FILMES SOBRE MÚSICA QUE VOCÊ DEVERIA VER

10 FILMES SOBRE MÚSICA QUE VOCÊ DEVERIA VER

Cinema e música. Duas artes que amamos. E quando estão juntas, aí realmente temos um carinho especial. Então aqui vão 10 filmes que falam desse casal maravilhoso, dos quais pelo menos 8 eu já me emocionei. Os outros 2 eu ainda não assisti sozinho (brincadeira!).

musica_e_cinema_-_reproducao.jpg

Pra ser bem breve: tive essa ideia depois de assistir pelo menos uns 4 filmes (os quais estão obviamente listados aqui) que se relacionam com música, seja por sua trilha sonora ou por a música ser a pauta principal do roteiro. Sem mais delongas, vamos lá:

1- Sem Rumo (Rudderless)

Diretor: William H. Macy

Elenco: Billy Crudup, Anton Yelchin, Selena Gomez, Laurence Fishbourne

O filme conta a história de Sam (Billy Crudup) que após 2 anos da morte do seu filho, encontra suas gravações e decide tocá-las. Depois que são ouvidas por Quentin (Anton Yelchin), decide formar uma banda. O filme além de tratar sobre música trata outros temas como luto e solidão nos dias atuais. (Abrindo uns parênteses, escrevi sobre o filme, quem quiser dar uma olhada, clique aqui.

2- O Som do coração (August Rush)

Diretor: Kirsten Sheridan

Elenco: Freddy Highmore, Keri Russell, Jonathan Rhys-Meyers, Robin Williams

August Rush (Freddy Highmore) é um jovem talentoso, criado num orfanato sem nunca conhecer seu país, que descobre seu dom musical ao ter contato com o violão em uma espécie de moradia para jovens de rua que tocam algum tipo de instrumento, que tem como líder Wizard (Robin Williams). August é o fruto de uma noite de amor entre o guitarrista Louis Conelly (Jonathan Rhys-Meyers) e Lyla Kovacek (Keri Russell). August irá usar seu dom para tentar encontrar seu país, mesmo sendo atrapalhado por Wizard, que o vê como um investimento. Filme bom para quem gosta de drama, romance e música.

3- Alta fidelidade (High Fidelity)

Diretor: Stephen Frears

Elenco: John Cusack, Jack Black, Catherine Zeta-Jones, Iben Hjejle, Todd Louiso

Rob é um fracassado dono de uma loja de discos, que aos 35 anos perde sua namorada Laura (Iben Hjejle) faz uma reflexão sobre seus cincos “grandes” relacionamentos que não deram certo por alguma coisa (Charlie (Catherine Zeta-Jones) é uma dessas ex-namoradas). Na mesma loja de discos trabalham Dick (Todd Louiso) e Barry (Jack Black) que são os melhores amigos de Rob, compartilhando de suas ideias tanto musicais quanto em relação aos amores dele. Uma comédia com uma ótima atuação de John Cusack, referenciando grandes nomes da música pop em menções nos discos da loja do Rob (inclusive Bruce “The Boss” Springsteen aparece no filme).

4-Johnny e June (Walk the Line)

Diretor: James Mangold

Elenco: Joaquim Phoenix, Reese Whiterspoon, Tyler Hilton, Waylon Payne

O filme conta a saga do cantor de Folk-Country americano Johnny Cash (Joaquim Phoenix), desde a perda de seu irmão, sua ida ao exército até o seu sucesso avassalador. Conta como conheceu seu grande amor, June Carter (Reese Whiterspoon) e como ela conseguiu enfrentar todos os problemas de Cash, desde ex-casamentos infelizes até seus problemas com drogas. Conta também sobre a saga de Cash, na turnê com Elvis Presley (Tyler Hilton) e Jerry Lee Lewis (Waylon Payne), além de June. Ótima interpretação de Joaquin Phoenix, além de uma trama típica dos grandes músicos rockstars da época.

5- Whiplash – em Busca da Perfeição (Whiplash)

Diretor: Damien Chazelle

Elenco: Miles Teller, J.K. Simmons, Melissa Benoist, Austin Stowell

Andrew Neiman é um estudante de bateria jazz no melhor conservatório americano. Deseja ser tão bom quanto seu ídolo, Buddy Rich. Porém, seus planos podem ser ameaçados pelo rígido professor Terence Fletcher (J.K. Simmons), que impõe duros exercícios à Andrew, que está sempre no seu limite. O filme concorreu a 4 categorias no último Óscar, vencendo em três delas sendo J.K. Simmons eleito melhor ator coadjuvante. Também é um dos filmes pródigos do festival Sundance (assim como Rudderless). Ótimo filme, excelente atuação de Teller e Simmons.

6- Balada de um homem comum (Inside Llewyn Davis)

Diretor: Joel e Ethan Coen

Elenco: Oscar Isaac, Justin Timberlake, Carey Mulligan, Adam Driver, John Goodman

Llewyn Davis (Oscar Isaac) é um cantor e compositor de musica folk que pretende viver de sua arte. Com seu companheiro inseparável, o violão, parte de um lugar para outro em Nova York. Vive incomodando a vida de sua amiga Jean Berkey (Carey Mulligan), a qual já teve um caso amoroso e o então atual namorado dela Jim (Justin Timberlake). Pretende viajar para mostrar sua música à um produtor, onde arruma carona com um desconhecido artista, Roland (John Goodman), onde vai ver dolorosas experiências. Esse filme não é indicado pra quem gosta de finais felizes, ou finais do tipo “Hollywood”. Pra quem gosta de folk, um prato cheio.

7-Coração Louco (Crazy Heart)

Diretor: Scott Cooper

Elenco: Jeff Bridges, Colin Farell, Robert Duvall, Maggie Gyllenhaal, Jack Nation

Otis “Bad” Blake (Jeff Brigdes) é um cantor de música Country de 57 anos, que tem problemas alcoólicos e vive com o fantasma do seu sucesso esquecido. Vive tocando de uma casa de show a outra, modestamente. Sem família, tem um filho de 28 anos, a qual está há 24 sem contato. Conhece em Santa Fé então a jornalista Jean Craddock (Maggie Gyllenhaal), onde mantém um caso. Pelas circunstâncias, volta a se relacionar com um ex-pupilo, o cantor e compositor Tommy Sweet (Colin Farell), que lhe oferece uma parceria, negada por Blake. Na volta para Santa Fé, sofre um acidente e faz com que se aproxime de Jean. Em Houston, devido a problemas alcoólicos, é levado ao A.A. por seu amigo Wayne (Robert Duvall). Escreve “The Weary Kind” em homenagem à Jean e seu filho Buddy (Jack Nation) e vende-a para Tommy. Jeff ganhou Óscar de melhor ator nesse filme em 2010, com uma brilhante e consistente atuação. Vale a pena conferir.

8- Encruzilhada (Crossroads)

Diretor: Walter Hill

Elenco: Ralph Macchio, Joe Seneca, Jami Gertz

O filme conta a história de um músico classicista, jovem e talentoso, Eugene Martone (Ralph Macchio, ou pros mais íntimos, “Daniel San”)que é apaixonado por Blues. Mesmo sendo severamente reprimido pelos pais e professores, ele sonha em ser um “Bluesboy” e fica sabendo que Robert Johnson gravou apenas 29 canções das 30 que haviam sido acordadas para uma gravadora. Então decide gravar a última música de Johnson, sendo ajudado por um velho amigo dele, Willie Brown (Joe Seneca), ajudando a escapar do asilo. Então os dois partem para a “encruzilhada”, o local onde Brown e Johnson venderam suas almas para o Diabo, a fim de se tornarem grandes nomes do Blues. O filme termina com uma épica batalha entre Eugene e um guitarrista chamado Jak Butler (interpretado por ninguém menos que Steve Vai). Uma das poucas e boas aparições de Macchio fora do papel de Daniel Larusso, em Karatê Kid. Pra quem gosta de Delta Blues, pra esvaziar o prato e pedir mais.

9- Detroit, a cidade do Rock (Detroit Rock City)

Diretor: Adam Rifkin

Elenco: Eduard Furlong, Giuseppe Andrews, James DeBello, Sam Huntington

Os anos 70 sem dúvida foram regrados de muito jeans, All Stars e Rock n’ Roll. Detroit Rock City não é diferente, conta a história de quatro amigos de uma escola secundária de Cleveland: Hawk (Eduard Furlong), Jam (Sam Huntington), Lex (Giuseppe Andrews) e Trip (James DeBello), que são fãs declarados dos nova-iorquinos do Kiss, possuindo tudo sobre eles, sendo até fãs de uma banda cover chamada Mystery e desejam ir visitar seus ídolos em Detroit. Eles só não têm os ingressos para o show, pois a mãe de Jam, uma religiosa conservadora, descobre a existência deles e decide os queimar. Mas nada poderá impedir esses quatro malucos amigos, em uma jornada rumo ao encontro de seus ídolos. A trilha sonora tem além de Kiss, Van Halen, AC/DC, Black Sabbath e Pantera. Pros fãs do velho e bom Rock n’ Roll, é na medida certa.

10- Gonzaga, de pai para filho

Diretor: Breno Silveira

Elenco: Chambinho do Acordeon, Adélio Lima, Júlio Andrade, Nanda Costa, Silvia Buarque, Cecília Dassi

O Brazuka da lista. O filme conta a saga do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, desde sua infância pobre no sertão de Pernambuco até sua fama nacional. Conta ainda também a dura relação que teve com seu filho, Luiz “Gonzaguinha” Gonzaga, também cantor e músico de grande sucesso e sua reconciliação emocionante. Um filme que merece elogios pelas interpretações (principalmente dos Gonzagas) e por mostrar e valorizar um dos mais influentes artistas brasileiros. Quem nunca viu, tem que ver sem dúvida.

Então, eis a famigerada lista. Espero que curtam com ou sem parcimônia. Até porque 10 filmes de uma vez só não rola né amigão?

Namastê!

 

Anúncios

Um comentário em “10 FILMES SOBRE MÚSICA QUE VOCÊ DEVERIA VER

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s