LÁ NO FUNDO, QUASE TUDO SE RESUME A SE SENTIR FELIZ OU NÃO

LÁ NO FUNDO, QUASE TUDO SE RESUME A SE SENTIR FELIZ OU NÃO

Em toda regra existem exceções, mas me parece que pessoas mais amadas , valorizadas , acolhidas , enfim felizes, tendem a ser mais amorosas, generosas e compreensivas.

wmX-528x307x3-4e7356f81cf62f5ebd5427e6ca1ef9991163589bbf83f_bigthumb570.jpg

Sim…lá no fundo, quase tudo se resume a se sentir feliz ou não. Não abordarei neste pequeno e pessoal texto casos patológicos de pessoas que cometem crimes por doenças psiquiátricas. Me centrarei nas pessoas comuns , que possuem uma rotina mais ou menos equilibrada , apesar dos fantasmas que assombram a todos nós.

Sim, falarei sobre a maioria das pessoas. Sobre as pessoas que carregam dentro de si seu quinhão de bálsamo e outro de veneno. Sobre as pessoas que conseguem circular e se movimentar livremente entre os mais delicados e emocionantes gestos de ternura e abnegação e outros de mesquinharia e violência emocional. Sim, a mesma mão que afaga o rosto de quem sofre , algumas vezes, sente vontade de esbofetear a face de quem nos machucou profundamente, de quem se colocou entre nós e a nossa felicidade.

Uma vez, uma colega disse que para ela o mundo não se dividia entre bons e maus e sim entre aqueles que tem coragem e aqueles que tem medo. Hoje, bebo deste pensamento e o adapto ao meu bel prazer. Talvez, quase tudo se resuma a se sentir feliz ou não. Talvez , tudo se resuma a dar para as pessoas o que recebemos delas. Talvez, quase tudo se resuma a dar para a vida o que ela dá para nós. Talvez, quase tudo não passe de um reflexo, de um grande espelho.

Se me sinto amada, inspiro, expiro, respiro e transpiro amor. Se sou tocada pelas delicadezas da vida , devolvo-as para quem está ao meu redor , envolvendo-os com braços de afeto. Se me sinto realizada e valorizada, olho os outros com olhos transbordantes de admiração e profundo respeito. Se sou acolhida , tomo em meus braços quem sente frio na alma.

Por outro lado, se me sinto rejeitada , apartada dos meus sonhos , faminta de amor , tendo a me fechar dentro de mim mesma, tendo a oferecer as mesmas migalhas de afeto que recebo à duras penas. Se não sou compreendida , tendo a ignorar as necessidades do outros.

Em toda regra existem exceções, mas me parece que pessoas mais amadas , valorizadas , acolhidas , enfim felizes, tendem a ser mais amorosas, generosas e compreensivas.

Sim, muitas vezes, um comportamento rude , muitas vezes, a incapacidade de valorizar e acolher as pessoas, a incapacidade de dizer algo gentil provém de uma profunda falta de amor, de uma profunda tristeza que envolve a alma das pessoas que reduzem a existência a excluir, a rotular, a criticar, a desvalorizar. Sim, pessoas rudes e extremamente julgadoras, provavelmente , são as que necessitam mais de acolhimento.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s