Prisioneira (Flavia C. da Silva)

Prisioneira (Flavia C. da Silva)

Você me trouxe coisas boas para minha vida solitária.
Sinceramente, é difícil para mim olhar
Dentro dos seus olhos,
Quando eu digo,
Que eu não seria nada sem o seu amor.
Eu sinto a adrenalina e isso é incrível.

Talvez você sempre tenha sido destinado
A terminar neste lugar.
Eu não quero ser egoísta,
Mas eu quero tudo.
Amar sempre será uma lição.
Vamos sair daqui.
Por que eu sei, tudo o que sei.

Eu sou uma prisioneira do meu vício.
Eu sou viciada à uma tão vida vazia e fria.
Eu sou uma prisioneira das minhas decisões.

Eu acho que estive nessa cidade por muito tempo.
Pois eu posso sentir a minha alma queimar.
Sinto queimar lentamente,
Mas eu não seria nada sem seu toque.
Eu sinto a adrenalina e isso é incrível.

Talvez você sempre tenha sido destinado
A terminar neste lugar.
Eu não quero ser egoísta,
Mas eu quero tudo.
Amar sempre será uma lição.
Vamos sair daqui.
Por que eu sei, tudo o que sei.

Eu sou uma prisioneira do meu vício.
Eu sou viciada à uma tão vida vazia e fria.
Eu sou uma prisioneira das minhas decisões.

Eu não sei, eu fico tão envolvida
Em um mundo onde nada é como parece
E a vida é mais estranha que os meus sonhos.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s