O TALENTOSO BOB DYLAN

O TALENTOSO BOB DYLAN

O que mais dizer sobre Bob Dylan? Sua obra fala por si só. Sua habilidade de dizer aquilo que todos pensam, mas não conseguem expressar é um talento inimaginável em suas canções, é o que torna sua música tão especial até hoje. Dono de uma coleção inabalável de letras e músicas, o cantor ainda atua nos palcos e fora dele. “A felicidade não está na estrada que leva a algum lugar. A felicidade é a própria estrada.” Bob Dylan.

Nasceu para se comunicar e faz do mundo um lugar mais divertido, sincero e rico com as suas músicas. Dylan usa das suas letras palavras tocantes da sua geração. São letras marcantes e contagia e inspira toda uma nação até os tempos atuais.

Para entender um pouco mais sobre esse artista, ele sempre muito revolucionário, pois em uma época onde se apresentavam músicos politizados e poetas beats o cantor era considerado uma marca diferente por transitar no movimento folk, onde essa marca descontaria nas suas músicas a sujeira mundana, com isso introduz uma poética diferente ao mundo pop. Obedecer ao que estava estabelecido e imposto na época não era a sua marca, ele é um revolucionário, um gênio, o incitador das massas. E de caráter transgressor. Sua marca pode ser testemunhada na nova e velha geração.

Desde a primeira vez que encontrou o cantor, o jornalista Robert Shelton percebeu que encarava uma jóia rara. Quando, em setembro de 1961, entrevistou o jovem músico pela primeira vez, Shelton captou a mensagem. Em um artigo para o “New York Times”, dias depois, teceu os maiores elogios ao cantor: “Lembrando uma mistura de coroinha com beatnik, Dylan tem aparência angelical e uma cabeleira desgrenhada que cobre parcialmente com um boné preto de camurça à Huck Finn. Suas roupas podem estar precisando de alguns ajustes, mas quando ele toca violão, gaita ou piano e compõe músicas novas mais rápido do que consegue se lembrar delas, não restam dúvidas de que está arrebentando de tanto talento. A voz de Dylan está longe de ser bonita. Ele tenta, conscientemente, recapturar a beleza rude de um trabalhador rural sulista meditando sobre uma melodia no quintal de casa. Toda a rusticidade e as imperfeições permanecem em suas notas, e uma intensidade lancinante permeia suas músicas.”

Alcançou respeito e seguidores até mesmo fora dos Estados Unidos. A importância de Dylan para a música é tão grande que, em 2008, a revista norte-americana Rolling Stone o elegeu como o segundo mais influente artista de rock de todos os tempos, só perdendo para os Beatles.

Atualmente com mais de 70 anos e meio século de carreira, Bob Dylan já não é apenas uma figura da música. Dylan submete-se mais uma vez a prova do tempo que começou a escrever com apenas dez anos, mostrou que o rock e a poesia têm tudo a ver, tornando as suas músicas em verdadeiros símbolos da época que viveu. Um verdadeiro militante. Ganhou o respeito do meio e tornou-se um símbolo da contracultura americana desde o início dos anos 1960, criticando o governo, na altura ‘ocupado’ com a guerra do Vietnã, e unindo-se à luta pelos direitos civis.

Discreto e revolucionário, músico e poeta, Bob Dylan é isto e muito mais!

Ele esta de bom tamanho e não precisa de mais nada…

Tarefa difícil foi destacar algumas músicas e letras.

1962 – álbuns Bob Dylan Baby, Let Me Follow You Down

“Baby Can I Come Home With You Baby Can I Come Home With You Well I’d Do Anything In This God Almighty World If You Just Let Me Come Home With You”

1963 – álbuns The Freewheelin’ Bob Dylan Blowin’ In The Wind

“The answer, my friend, is blowin’ in the wind The answer is blowin’ in the Wind”

1964 – álbuns The Times They Are A-Changin’ One Too Many Mornings

“And I’m one too many mornings An’ a thousand miles behind.”

1965 – álbuns Bringing It All Back Home Subterranean Homesick Blues

“Johnny’s in the basement Mixing up the medicine”

Maggie’s Farm

“I ain’t gonna work for Maggie’s brother no more.”

Álbum Highway 61 Revisited Like a Rolling Stone

“How does it feel How does it feel To be on your own With no direction home Like a complete unknown Like a rolling stone”

1966 – álbum Blonde on Blonde I Want You

“I want you, I want you, I want you so bad, Honey, I want you.”

Just Like a Woman

“She takes just like a woman, yes, she does She makes love just like a woman, yes, she does And she aches just like a woman But she breaks just like a little girl.”

1969 – álbum Nashville Skyline Peggy Day

“Love to spend the night with Peggy Day. Love to spend the night with Peggy Day.”

1970 – álbum Self Portrait Early Mornin’ Rain

“in the early mornin’ rain and no place to go”

Blue Moon

“Blue moon, now I’m no longer alone Without a dream in my heart, without a love of my own Without a love of my own.”

1973 – álbum Pat Garrett & Billy the Kid Knockin’ On Heaven’s Door

“Knock, knock, knockin’ on heaven’s door Knock, knock, knockin’ on heaven’s door Knock, knock, knockin’ on heaven’s door Just like so many times before”

Sarah Jane

“Oh Sarah Jane Sarah Jane Ain’t nothin’ to do But to set down and sing And rock about my Sarah Jane.”

1976 – álbum Desire Hurricane

“But it won’t be over till they clear his name And give him back the time he’s done. Put in a prison cell, but one time he could-a been The champion of the world.”

2009 – álbum Together Through Life Beyond Here Lies Nothing

“Beyond here lies nothing But the mountains of the past”

2016 – álbum Fallen Angels Young At Heart

“And here is the best part You’ve had a head start If you are among the very Young at heart”

[videos youtube]

Anúncios

Um comentário em “O TALENTOSO BOB DYLAN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s