NOS APAIXONAMOS POR ROMANCES

NOS APAIXONAMOS POR ROMANCES

O choque entre a realidade e a expectativa, a imaginação versus o pé no chão. Quem nunca se apaixonou por um filme ou um livro de romance? Quem nunca desistiu da utopia para viver um amor real?

frases_para_o_amor.jpg

Mesmo quando estamos solteiros e felizes, nos sentindo bem com isso, tirando aquele precioso tempo para nós mesmos, ao assistirmos alguns filmes românticos, não digo comédias românticas extremamente previsíveis e rasas, digo filmes e livros que realmente retratam o amor, suas dores, as consequências de se doar tão completamente a alguém, a queda, o frio na barriga, a sinceridade, a recompensa, o amor, o coração acelera.

Nos apaixonamos com Amelie em seu fabuloso destino, andamos com ela com os braços entrelaçados no misterioso homem que tão surpreendentemente entrou em sua vida e lhe arrancou os mais intensos suspiros. Sofremos de uma forma tão nobre por Lenore enquanto tão tristemente o corvo cessava as esperanças tanto do melancólico poeta quando as nossas. Navegamos por gerações de romances proibidos e intensos na Casa dos espíritos, vivemos o amor que transcendeu a morte dos Fantasmas que tanto se divertem, o amor que foi além das barreiras do preconceito com Imagine eu e você.

Não creio que tal teoria aplique-se apenas aos solteiros, não acho difícil imaginar um casal devaneando sobre as utopias de um romance de expectativas, sacrifícios e paixão. Tudo que é tocado por nossa imaginação torna-se imediatamente mais excitante, adequa-se aos nossos mais estranhos e secretos desejos. A realidade, por outro lado, nos leva a relacionamentos onde a diferença torna as coisas um pouco diferentes, temos que nos adequar, abdicar de certas coisas para ver aquele sorriso bobo no rosto daquela pessoa a sua frente cheia de imperfeições, diferentes opiniões, e todo o resto, aquela pessoa que você as vezes imagina sendo como as de um filme ou livro que leu, mas que se pega balançando a cabeça e sorrindo, por que é aquela pessoa que ama, daquele jeito.

Talvez o amor seja a única coisa que não importe o que, será mais significante e gostoso com a realidade.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s