THE SCIENTIST, O AMOR E O ARREPENDIMENTO

THE SCIENTIST, O AMOR E O ARREPENDIMENTO

“The Scientist” nos leva a uma reflexão sobre o verdadeiro significado do arrependimento e sobre as mudanças que o amor pode provocar nas nossas prioridades.

coldplay_scientist.png

A música “The Scientist” da banda Coldplay fala sobre amor e arrependimento.

Ao discorrer sobre os sentimentos e desejos de um cientista arrependido, que perdeu a mulher amada, The Scientist nos leva a uma reflexão sobre o verdadeiro significado do arrependimento e sobre as mudanças que o amor pode provocar nas nossas prioridades.

Fazendo uma analogia com os sentimentos retratados na música, o clipe conta uma história que se segue em reverse, na qual o homem arrependido está indo de volta a um início que ele gostaria de reviver, onde teria uma oportunidade de fazer diferente.

Na música, ele se arrepende por ter dado mais valor a outras coisas diante do que mais lhe importava, a sua paixão. Ele se arrepende e percebe, então, o quanto amava os defeitos, que ás vezes o incomodaram e que, de alguma forma, fizeram com que ele a amasse ainda mais.

A música tem dois pontos altos, o de lamentação e o de reflexão. A primeira ação de uma pessoa arrependida na maioria das vezes é o pedido de desculpas, acompanhado de reconhecimentos e confissões. Um dos primeiros sentimentos aparentes é o desejo de voltar a um momento quando tudo era perfeito, quando tudo parecia feliz e as desculpas não eram necessárias. O que ele mais quer é ser levado de volta ao começo e ter uma segunda chance com a pessoa que ele ama.

“Ninguém disse que era fácil. Ninguém jamais disse que seria tão difícil assim.”. As pessoas podem nos alertar o quanto amar e perder um amor pode ser difícil, mas ninguém está verdadeiramente preparado para o sofrimento que esse momento pode trazer. A superação é difícil e exige muito dos nossos próprios sentimentos.

Uma das principais mensagens de “The Scientist” é transparecer que quando estamos apaixonados e percebemos o quanto alguém é importante para nós, até mesmo as questões científicas são banais frente ao nosso sentimento de amor. Mesmo sendo o protagonista um cientista, as questões de ciência e progresso não são nada, comparadas ao que ele sente.

“The scientist” nos leva, então, a uma reflexão sobre amor e arrependimento. Ao reconhecer um erro e se arrepender, podemos estar prontos para um pedido de desculpas, mas o arrependimento só é sincero quando provoca mudanças de comportamento e atitudes.

Arrepender-se é reconhecer um erro, é deixar o orgulho de lado e perceber que as conseqüências de uma atitude provocam dores e perdas que poderiam ser evitadas. Arrepender-se é amar, é querer uma nova chance, é mudar e fazer diferente.

Música legendada

Clipe original

Um comentário sobre “THE SCIENTIST, O AMOR E O ARREPENDIMENTO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s