O que acontece se não houver nenhum candidato a prefeito em uma cidade?

(superinteressante) 
POR Oráculo 
Rafael Neddermeyer | Fotos Públicas
Rafael Neddermeyer | Fotos Públicas


O que acontece se não houver nenhum candidato a prefeito em uma cidade?

Não há eleições.

Por exemplo, se aí em Araras nem o Breno Cortella, nem o Du Severino, nem o Bonezinho, nem o Eng. Paulinho e nem o Pedrinho Eliseu se candidatassem, a presidente da Câmara Municipal, Magda Celidório, assumiria a prefeitura, cumulativamente.

Funciona assim: quando não há candidatos, a Câmara declara vago o cargo ao término do mandato do atual prefeito e comunica à Justiça Eleitoral para que seja convocada uma eleição, conforme o artigo 81 da Constituição Federal.

Continuando em nosso exemplo, enquanto não houvesse interessados na vaga, a Magda seguiria presidindo o legislativo e o executivo ararenses.

Fonte: Isabel Carvalho, assessora de comunicação do TSE.

Anúncios