COMO É GOSTOSO DEIXAR PARA LÁ COISAS CHATAS

COMO É GOSTOSO DEIXAR PARA LÁ COISAS CHATAS

Como é gostoso olhar para a cara daquele colega que sempre fez de tudo para tirar a nossa paciência e dizer que não precisa mais daquele emprego, que tem outros projetos. Projetos pessoais. Gente ligada ao status quo, gente que segue à risca o script social detesta quem tem projetos pessoais.

19115946328173.jpg

Ai, como é gostoso deixar para lá coisas chatas! Como é gostoso pegar a bolsa e sair sem olhar para trás de empregos insuportáveis. Como é gostoso olhar para o rosto de um chefe tirano e se demitir para abrir um negócio, fazer uma pós ou trabalhar em outra empresa.

Como é gostoso olhar para a cara daquele colega que sempre fez de tudo para tirar a nossa paciência e dizer que não precisa mais daquele emprego, que tem outros projetos. Projetos pessoais. Gente ligada ao status quo, gente que segue à risca o script social detesta quem tem projetos pessoais.

Como é gostoso dizer não para freelas mal pagos, em que a maior competência é exigida do profissional e a remuneração vem 3 meses depois, mediante muita cobrança. Como é bom dizer para quem te fez passar o maior sufoco que não aceita pegar outros trabalhos no mesmo esquema. Que não se sujeita a trabalhar no mesmo esquema.

Como é gostoso virar para aquele professor azedo e dizer que vai ter o seu TCC orientado por outro docente. Como é gostoso deixar aquele grupo da faculdade preguiçoso ou autoritário demais se virar e fazer aquele trabalho super estimulante sozinho.

Como é gostoso recusar convites pagação de mico. Como é gostoso sair no meio de uma festa com gente que se acha , sem dar nenhuma desculpa. Como é gostoso não depender das migalhas oferecidas por gente que cobra caro demais para fazer um pequeno favor.

Como é gostoso se olhar no espelho e dizer para si mesmo: “Eu não preciso e não vou passar por isso”.

Obviamente , nem sempre podemos ou conseguimos jogar fora tudo aquilo que nos oprime ou magoa. Mas na medida do possível, deveríamos exercitar a nossa autonomia e a nossa capacidade de selecionar o que não cabe mais em nossa vida. Infelizmente , na nossa sociedade extremamente injusta e consumista , cada vez mais as pessoas estão enredadas em esquemas de vida sufocantes, que incluem trabalhos quase escravos, tempo livre quase inexistente e a necessidade de aparentar e ter uma série de itens que na verdade não fazem muita diferença em nossa vida.

 

Anúncios

Autor: fcrissilva

"Eu sou o tudo. Eu sou o Nada. Sou os livros que li, os momentos que passei, eu sou os brinquedos que brinquei, e os amigos que conquistei. Sou o amor que dei, e os amores que tive, as viagens que fiz, e os esportes que pratiquei. Sou minha matéria preferida, minha comida predileta, essa sou eu...eu mesma, será que vais entender? Sou o ódio resguardado, sou os sonhos realizados, os objetivos alcançados. Eu sou o meu interior, mas tambem meu exterior. Sou um conjuntos de fatores que você não pode entender. Sou a saudade, os abraços que já dei, eu sou o passado, mas também o presente e o futuro, sou os meus atos. Sou o perfeito, Mas também sou o imperfeito. Sou o contraste e a contradição. Sou a complexidade do mundo. SOU O QUE NINGUEM VÊ."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s