Busca

A Palavra

Só mais um site WordPress.com

mês

abril 2017

Não vá embora (Flavia C. da Silva)

Não vá embora (Flavia C. da Silva) É uma manhã fria e gelada. Não há muito que dizer, Sobre as coisas que passam em minha cabeça. E como o dia estava amanhecendo, Meu avião voou, E com ela todas as... Continue lendo →

Anúncios

DAS PORRADAS QUE LEVAMOS NA VIDA

DAS PORRADAS QUE LEVAMOS NA VIDA (obvious) por Karla Kélvia Fernando Pessoa, através de um dos seus heterônimos ( Álvaro de Campos), criou um dos poemas mais contundentes em termos de consciência das fraquezas humanas: “Poema em linha reta”. O... Continue lendo →

O QUE NÃO CONSEGUIMOS VERBALIZAR VIRA LIXO EMOCIONAL

O QUE NÃO CONSEGUIMOS VERBALIZAR VIRA LIXO EMOCIONAL (obvious) por Sílvia Marques Aceitamos os personagens que nos dão e começamos a viver uma vida que não é a nossa. Calamos no fundo do peito um eu que muitas vezes nem... Continue lendo →

MINHA VISÃO SOBRE UMA MULHER EMPODERADA

MINHA VISÃO SOBRE UMA MULHER EMPODERADA (obvious) por Sílvia Marques A mulher que acredita que as outras mulheres não possuem liberdade de escolha, de certa forma, subestimam o poder feminino. Defendem as mulheres, mas acreditam que somos inferiores. Sim, é... Continue lendo →

NÃO QUEIRA ME MUDAR, SÓ ASSIM TERÁ O MEU MELHOR

NÃO QUEIRA ME MUDAR, SÓ ASSIM TERÁ O MEU MELHOR (obvious) por Marcel Camargo Por mais que demore, por mais que pareça impossível, alguém gostará de nós desse jeito nosso e nos amará por inteiro, inclusive valorizando tudo aquilo que... Continue lendo →

O PROBLEMA DO NADA

O PROBLEMA DO NADA (obvious) por Ettore Cagni Já presenciou uma tentativa extremamente tosca de encaixar uma citação em algum contexto? Alguém que cita filósofos a torto e a direito? Alguém que desmerece uma área do conhecimento em detrimento de... Continue lendo →

AQUELA SUA PARTE QUE AMA

AQUELA SUA PARTE QUE AMA (obvious) por Malu De Falco O tipo de amor livre reduz qualquer medo de perda, e desmistifica a velha história de que o medo de perder faz perder. De fato o faz, mas e se... Continue lendo →

REALISMO SURREAL

REALISMO SURREAL (obvious) por João Ricardo O ser humano sempre é ou parece ímpar, inconveniente, outro ao ambiente. Está quase sempre a procura ou fugindo de algo, destituído de sentido, inserido no surreal, desprovido de um lugar seguro que condiz... Continue lendo →

Como a vida de Edwin Hubble pode inspirar a sua

Como a vida de Edwin Hubble pode inspirar a sua "Equipado com seus 5 sentidos, o homem explora o universo ao redor dele e chama a aventura de ciência". (superinteressante) Por Salvador Nogueira (Redação/Wikimedia Commons)   “Alargar os horizontes” nunca... Continue lendo →

WordPress.com.

Acima ↑