Sua (Flavia C. da Silva)

Sua (Flavia C. da Silva)

Vou usar seu casaco de inverno,
Aquele que você ama usar.
Então eu posso continuar te sentindo por perto.
Mas isso não se compara.
Às vezes quando eu acordo,
Você me pega em seus olhos,
Aquela beleza no meu travesseiro,
Que me abraça de noite.

E eu lutaria com todas as minhas forças,
para desvendar sua boca na minha.
Eu costumava ter medo das palavras,
Mas com você eu aprendi apenas colocar para fora.
Agora meu coração está pronto para explodir.

Porque eu, eu sinto que estou pronto para o amor.
E eu, quero ser seu tudo e muito mais.
E eu sei que todo dia eu digo.
Mas eu só quero que você tenha certeza,
Que eu sou sua.

E se eu estiver me sentindo pesada,
Me leve da escuridão.
Seus braços me mantêm firme,
Então nada poderia desmoronar.

E eu lutaria com todas as minhas forças,
para desvendar sua boca na minha.
Eu costumava ter medo das palavras,
Mas com você eu aprendi apenas colocar para fora.
Agora meu coração está pronto para explodir.

Porque eu, eu sinto que estou pronto para o amor.
E eu, quero ser seu tudo e muito mais.
E eu sei que todo dia eu digo.
Mas eu só quero que você tenha certeza,
Que eu sou sua.

Que eu sou sua.

Licença Creative Commons
Sua de Flavia C. da Silva está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-SemDerivações 4.0 Internacional.

Anúncios

Autor: fcrissilva

"Eu sou o tudo. Eu sou o Nada. Sou os livros que li, os momentos que passei, eu sou os brinquedos que brinquei, e os amigos que conquistei. Sou o amor que dei, e os amores que tive, as viagens que fiz, e os esportes que pratiquei. Sou minha matéria preferida, minha comida predileta, essa sou eu...eu mesma, será que vais entender? Sou o ódio resguardado, sou os sonhos realizados, os objetivos alcançados. Eu sou o meu interior, mas tambem meu exterior. Sou um conjuntos de fatores que você não pode entender. Sou a saudade, os abraços que já dei, eu sou o passado, mas também o presente e o futuro, sou os meus atos. Sou o perfeito, Mas também sou o imperfeito. Sou o contraste e a contradição. Sou a complexidade do mundo. SOU O QUE NINGUEM VÊ."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s