SOBRE TRANSBORDAR

SOBRE TRANSBORDAR

Certos traumas sempre machucarão alguém.
E eu escolho ser minha única vítima.

Lara Zankoulthe_noone.jpg

Onde antes havia
lágrimas para
me alagar,
resta
apenas
estiagem.
Choro,
nestes dias,
raramente,
somente
quando
a raiva
transborda
pelas barragens que
construí por dentro.
Pelo tempo em que
minha mente
não ceder,
sofrerei,
pelas entranhas,
com o abafamento
de toda e qualquer
sensação,
represando
sentimentos
por um caminho
escuro e tortuoso
que sempre me
leva a lugar
nenhum.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s