BOCAS MUDAS MENTES AMARRADAS CORAÇÕES AMORDAÇADOS

(obvious)
por Rita Palma Nascimento

Segui adiante certa de que toda aquela gente, durante as suas vidas, haveria abafado a voz dos seus corações, com palavras que nada mais teriam sido do que a voz do medo de estarem sozinhas. 
E ali estavam elas, juntas mas caladas, sendo o silêncio e o medo da solidão, o seu único elo de ligação.
Assim vai o mundo.

Amordaçados.jpg

Descia a avenida, quando ao longe avistei um enorme aglomerado de gente. Uma multidão, termo comummente utilizado. Tão comum quanto aqueles que dela faziam parte. Silenciosos. Estranhos entre eles – desconfio que estranhos a eles próprios também. Olhavam-se e entreolhavam-se, mas nada diziam – os que se olhavam, a maioria baixava a cabeça naquele ato já banalizado de quem ignora os restantes. Esses olhavam para baixo. Para o umbigo, talvez. Na pior das hipóteses já haviam desistido da vida e, apenas existindo, olhavam para o chão.

Observava-os. Também eu calada, receando quebrar o silêncio daquela marcha muda de gente. Na verdade, nem sabia o que lhes poderia dizer. Pareciam alienados, cada um no seu mundo aparte dos restantes. Embora lado a lado. Nada mais ouviam senão os seus próprios “Eu”. Pensamentos negativos, egos obesos, medos e problemas – vim a perceber mais tarde.

Ninguém ouvia sonhos, ambições, desejos, a força do querer, a voz da alegria e o nome da felicidade. Espantem-se agora, assim eu me espantei, ninguém conseguia ouvir o seu próprio bater do coração. Nas suas mentes ecoava somente o “eu”, “eu”, “eu”, de tal forma alto que ensurdeceram para o mundo. No meio de tanta gente, aquele silêncio começava a tornar-se incómodo. Ninguém dizia nada a ninguém, no entanto mantinham-se juntos. Ninguém se afastava.

“Menina faça silêncio” – sussurrou-me alguém. “O seu coração bate muito alto, desconcentra-me.”

“Que raio de observação a sua, olhe que essa agora de dizer que o meu coração bate muito alto. O seu é que sofre amordaçado. O meu coração bate ao volume que tiver que bater e ao compasso que eu me apetecer que ele bata. Era o que mais faltava mandá-lo calar. E digo-lhe mais, se todos os corações tivessem a liberdade de se fazer ouvir, tal como eu permito ao meu que faça, imagine que bonita seria a melodia que se faria ouvir aqui!!! Mas vocês preferem o barulho ensurdecedor dos vossos egos e de tudo quanto há de negativo em vós. “

Segui adiante certa de que toda aquela gente, durante as suas vidas, haveria abafado a voz dos seus corações, com palavras que nada mais teriam sido do que a voz do medo de estarem sozinhas. E ali estavam elas, juntas mas caladas, sendo o silêncio e o medo da solidão, o seu único elo de ligação.

Assim vai o mundo.

Bate coração, bate.

Um comentário em “BOCAS MUDAS MENTES AMARRADAS CORAÇÕES AMORDAÇADOS

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

Tammy Farrell

Historical Fantasy Author

Gigaom

Technology news, trends and analysis covering mobile, big data, cloud, science, energy and media

Inside BlackBerry

The Official BlackBerry Blog

Brandie Raasch Photography

"Of course, there will always be those who look only at technique, who ask 'how', while others of a more curious nature will ask 'why'. Personally, I have always preferred inspiration to information." ~Man Ray

The Mzungu Diaries

Will Boase's Photoblog. Pictures, Rants Etc

Julian Hoffman

Notes from Near and Far

Nailsbails

A little about everything, a lot about nothing.

Cut The Crap Movie Reviews

...for people who don't read movie reviews.

Book of words

Books, reviews and all things worth reading

Jornais Velhos

Just another WordPress.com site

DAG's Food Blog

My cooking adventures

Therealbigboi's Blog

Just another WordPress.com site

Inyourfaceinyourface's Blog

Just another WordPress.com site

Thanks Babel

If languages are your passion this is your blog

MP3.com

Retro music quizzes and playlists from the '80s, '90s and '00s.

%d blogueiros gostam disto: